Voltar

Com 145 obras inscritas, Concurso Novas 4 divulgará resultado dos selecionados em 7 de outubro

Postado em Concurso Novas em 30/09/2019

(Fábio Zanon)

Da redação

O alto nível e a quantidade de bons compositores para violão solo no Brasil indicam o quanto o futuro do instrumento promete no campo da criação. Nesta quarta edição do Concurso Novas, que tiveram inscrições abertas de 15 de julho a 8 de setembro, nada menos do que 145 peças estão concorrendo. Devido à prorrogação no prazo final de inscritos, o resultado dos selecionados foi adiado de 30 de setembro para 7 de outubro.

Alguns dos candidatos que já venceram edições anteriores estão concorrendo. Mas também é relevante o número de candidatos que se inscreveram pela primeira vez no Novas. O júri formado por Elodie Bouny, Fábio Zanon, Marco Pereira, Paulo Aragão e Sérgio Assad está analisando as obras a serem selecionadas para o CD digital.

Ainda em outubro vão começar as gravações do disco, sob direção musica de Elodie Bouny, que também é a idealizadora do projeto. “Ficamos muitos satisfeitos com as inscrições. E eu, particularmente, considero um privilégio poder assistir em primeira mão a esta amostra do que está sendo feito hoje em dia para violão em cada canto do Brasil. Sempre fico maravilhada de ver tanto talento e criatividade em prol do instrumento e acho o Brasil tem uma fonte riquíssima que merece ser valorizada”, afirma a violonista francesa. Elodie destaca também que duas mulheres se inscreveram nesta edição do concurso. “Este é um fato inédito na história do NOVAS até então, e que me parece importante o suficiente para ser mencionado. Encorajo as mulheres a se candidataram cada vez mais em este e outros concursos e eventos”.

Por fim, por ter adiado o prazo de inscrição do concurso, peço um pouco de paciência pois decidimos também adiar o prazo de divulgação dos resultados para que a banca possa ter o tempo necessário para a avaliação das 145 musicas inscritas. Desde já agradeço e parabenizo todos os inscritos por participar do concurso Novas 4.

Confira a lista de compositores e as 145 obras inscritas no Novas 4

Ademir Cândido

“Salvação da Lavoura”

“Porto Alegre”

Adriano Agostinho Flesch

“A noiva dos cabelos vermelhos”

“O que sobrou do Rio”

Alan George da Silva

“Bicho do Mato”

“Doce Terra”

Alberto Miguel Nazareth Mejia

“Estudos caipiras I, II e IV”

Alexandre Brown Palma Filho

“Epa Baba Oxalá”

“Seresteiro”

Alexandre Gismonti Medeiros Amim

“Guinguiniana”

“Partido Central”

Alexandre Luiz Pivato

“Nascente”

“Cheia e Vazante”

ALEXANDRE MAGNO ABREU DE GÓES

“Cedro”

“O arqueiro”

Almir Côrtes Barreto

“Guingado”

Aluísio Coelho Barros

“Índigo”

“Modular”

Anderson Chizzolini Novo

“Frevo Traíra”

“Um céu pintado a mão”

ANDRE RICARDO SIQUEIRA

“Canto da praia”

Bruno Elisabetsky

“Gris”

Carlos Guilherme Feitosa Dantas Santos

“Infinito”

Carlos Luis Conzi Bermúdez

“Mar sutil”

Carlos Rodrigo Hue Ribeiro de Lessa

“Cosme e Damião”

Celso Garcia de Araújo Ramalho

“Mundiça”

Chrystian Dozza Cunha

“Samba Rock”

Conrado Francisco Paulino Marino Bonilla Ayala

“Soltas al aire”

“Reaver Baden”

Dario Tavares de Castro Neto

“Estudo para violão número pi”

denisson carlos santos messias

“Um só sobrenome”

DIEGO SALVETTI

“Emilio Tango”

“Medieval theme”

Douglas Martins Sá

“Fortíssima”

Eddy Andrade da Silva

“Pacto Santo”

Edigar Monteiro Cavalcante Neto

“Prelúdio Suite CEFET”

“Finale Suite CEFET Maria Fumaça”

Eduardo Fabricio Frigatti

“Prelúdio I”

“Choro”

Eduardo Guedes do Nascimento Leal

“4 tipos de angústia”

Eduardo Pinheiro Brandão

“Céu de setembro”

“Francamente”

Eduardo Tadeu Schiavon Gandini

“Samboquê”

Ely Janoville Santana Sobral

“Pérgolas”

Emiliano de Castro e Caccia-Bava

“Las Minas”

“Frevo do pé Vermei”

Endi Costa Silva Mello de Almeida

“Amanheceu”

fabio caetano leal

“Violando”

Fabio Gouvea

“De malas prontas”

“Hildebrand”

Fábio Moreno Nunes

“Choro raro”

“Teu sorriso”

Felipe Floriano Coelho

“Da lapa aos sertões”

“Mozartiana”

Fernando Graciola

“Nascente”

Fernando Tourinho Ferronato

“Acelerado”

Filipe Gonçalves de Rezende

“Vento e Folhas”

Filipe Torres Barbosa

“Rei Davi”

FREDERICO CUNHA ANDRADE

“Dois meninos”

GABRIEL NOGUEIRA BATISTA STRAUSS

“Rio das almas”

Gabriel Ribeiro Maron

“Raiz”

“Baião latino”

Gabriel Ribeiro Veras

“Roendo calo”

Giovanni Cruz Iasi

“Suíte Andina”

Guilherme Augusto Lamas de Oliveira

“Machado”

Guilherme Caldeira Loss Vincens

“Lão”

Guilherme dos Santos Falcão

“Delicioso”

“Jaguatirica”

Gustavo de Medeiros Santos

“Baile da Trindade”

Gustavo De Oliveira Otesbelgue

“Linhas ao vento I”

Huayma Yepun Tulian Labiano

“Tres Estudios”

Igor Gebrim Louly

“Baião a campanella”

Igor Hertz Lazier 

“Sardinha na brasa”

Isaque Santos Silva

“Cabloquinho n 1”

“Canhoto”

Iuri Ozires Sobreira de Oliveira

“Dama gentil”

“Danielle”

Jackson Luiz Kossar Franklin

“Noturna #1”

Jean Gomes Charnaux

“Egbertiana”

Julio Cesar Moreira Lemos

“Vai meu samba”

“Uma valsa-choro para garoto”

LAUVIAN RODRIGUES DE FREITAS

“Oberon”

Leandro Ligocki

“Todas as manhãs”

Leonel Fabricio da Rosa Costa

“Cerro palomas”

Lucas Pimentel Telles

“Pé na tábua”

“Iludindo”

Lucas Tozetti Madi

“Milonga cromática”

Luís Fabiano Farias Borges

“Estudo nazarethiano n 11”

“Concertante”

Luiz Eduardo Gonçalves

“Sete quedas”

Luiz Fernando Pereira da Silva

“Abertura samba”

Maithan Timm Knabach

“Raíza”

“Reencontro”

Marcelo de Castro Rosário

“Verde”

Marcelo Neder Cerqueira

“Dança das nuvens”

Marcelo Santos Portela

“Chacarioca”

“Incelença”

Marcio Giachetta Paulilo

“Choro contido”

Marcos da Silva Maia

“Tudo que tinha que ser dito já foi dito”

Michael Nunes Ruzitschka

“Valsa bugre”

Miquéias Bandeira Gomes

“Baião”

Pablo Valentin Silva Flores

“Lara”

“Aireando”

Paula Pereira Borghi

“Além”

“Turmalina”

Pedro Augusto Huff

“Malecón y Aurora”

“Boca da noite”

Pedro de Grammont e Souza

“Epifania”

Pedro Miguel de Moraes

“Você e eu”

“Valsa silenciosa”

Pedro Smilari Iacovini

“Anjo agreste”

“Cachoro”

Pedro Viana de Barros

“Rabo de olho”

“Arabesco Monserrate”

Rafael Campedelli Arcaro

“Piéce de Concert”

“Dois desenhos”

Rafael Garcia Miguel Vita

“Paisagem nordestina n 1 caatinga”

Rafael Rocha Pansica

“Ansiosa”

Renan Colombo Simões

“Prece para Horácio”

Renata Montanari Rodrigues Yamamura

“Dança das quatro irmãs”

RENATO NEVES SARMENTO

“Variações sobre um tema do Calendário do Som de Hermeto Pascoal 04/05/1997”

Renato Santos de Souza

“Dor de molinga”

Ricardo Cappra Pauletti

“Vale das almas”

“Vento errante”

Ricardo Henrique Serrão

“Estudo 4”

RICARDO VIEIRA DA COSTA

“Atemporal”

“Seu delinear”

Richard Martin Souza

“Prelúdio XXII em Bbm”

“Tema e variações sobre Asa Branca”

Rodrigo Roriz Teodoro

“Bate-Panela”

Rômulo Fabricio Nogueira Reginaldo da Rocha

“Réquiem para a infância”

RUAN SANTOS DE SOUZA

“Caçando a mata (agueré)”

TATSURO MURAKAMI

“Como se lua fosse você”

“Despedida em silêncio”

THIAGO COLOMBO DE FREITAS

“Díptico (I – Te Weiss Milonga II – Candome a lo pobre)”:

“Bugio em Rondeau (2011)”

Thomas Fontes Saboga Cardoso

“Guaporé”

Vicente Paschoal de Carvalho

“Prelúdio n 7”

Victor Hugo Rosa Ribeiro

“Elegia para um sorriso”

Victor Rocha Polo

“Branca e dourado”

“Pros velhos”

Walter dos Santos Lopes filho

“Consciência” 

Wellington da Silva Sales

“Baião da luz”

YURI CARVALHO BARRETO

“Devaneio”

ZILMAR GUSTAVO DO NASCIMENTO COSTA

“Valsa III”