Voltar

Acervo homenageia centenário de Garoto

Postado em Coluna Alessandro Soares em 29/06/2015

A partir desta semana, o Acervo Digital do Violão Brasileiro publica uma série de documentos especiais para homenagear o centenário de Garoto, o Aníbal Augusto Sardinha (1915-1955). Até o final de 2015, vamos inserir faixas selecionadas de discos para ouvir, com capas e fichas técnicas, ampliar o banco de imagens, incluindo fotografias raras, postar dissertações, artigos, agenda de shows e novas pesquisas sobre este que é considerado o pai do violão moderno no Brasil.

Para dar início ao tributo, o pesquisador e biógrafo Jorge Carvalho de Mello atualizou o verbete sobre Garoto, no dicionário do Acervo, que é o mais completo já escrito sobre o compositor. Jorge também fez uma minuciosa musicografia, fruto de vários anos de pesquisa, que abrange 233 peças, além de ceder algumas das fotografias do seu acervo particular.

Leia o verbete aqui

Boa parte do trabalho é um desdobramento da biografia Gente Humilde: Vida e Música de Garoto. Escrito por Jorge, este livro representa um grande marco da história do violão brasileiro e da nossa musical pela descoberta de valiosas informações que definitivamente redimensionam a obra do multiinstrumentista.

Também ampliamos a discografia sobre o gênio das cordas, com faixas selecionadas de discos como The Guitar Works of Garoto, de Paulo Bellinati,  Vamos Acabar Com o Baile: A Música de Garoto por Henrique Cazes e Marcello Gonçalves, o LP Radamés Gnattali e Raphael Rabello: Tributo a Garoto, além dos discos Garoto Revive Ary Barroso em Alta Fidelidade e Garoto (LP do Museu da Imagem e do Som).

Ouça os discos aqui

Na homenagem do Acervo, contaremos também com a grande contribuição do pianista, pesquisador e produtor musical Denis Molitas, que vai remasterizar algumas das gravações mais representativas de Garoto e que até então só circulavam em pequenos grupos de colecionadores. O material poderá ser ouvido integralmente aqui no Acervo.

Será a primeira vez que num mesmo espaço vamos reunir as gravações realizadas por Garoto em discos, além de participações em programas de rádio e gravações caseiras produzidas pelo colecionador Ronoel Simões.

O trabalho de Denis sobre Garoto será disponibilizado por meio de CDs virtuais divididos em três grupos: 1) Garoto compositor – com as peças criadas por ele; 2) Garoto intérprete – que cobre as gravações não só de violão mas também de todos os outros instrumentos que Garoto tocou, a exemplo de bandolim, violão tenor e banjo; 3) Garoto acompanhador – que representa a grande maioria das gravações da coleção e mostra o quanto ele formou uma maneira original de acompanhar artistas e cantoras. Apesar do ambiente digital, os CDs terão capa e um encarte escrito por Jorge Mello, que vai analisar diversas faixas da coleção.   

Em paralelo a isso, o blog do portal fará entrevista com produtores e artistas que desenvolvem projetos para marcar os 100 anos de Garoto. A primeira delas será com o próprio Jorge Carvalho de Mello, que está envolvido na maioria das iniciativas, a exemplo do livro de partituras Garoto em Pauta, que elaborou com o violonista Domingos Teixeira e o pianista Henrique Gomide, composto de 55 choros, 15 canções e dois arranjos orquestrais.  

A segunda entrevista será com o jornalista e pesquisador Lucas Nobile, que está produzindo o documentário Garoto: o Gênio das Cordas, dirigido por Rafael Veríssimo, com roteiro de Marcelo Machado. O filme tem depoimentos inéditos de Zé Menezes, João Gilberto, João Donato, Paulinho da Viola, Paulo Bellinati, Henrique Cazes, Marcello Gonçalves, Ron Carter, Raul de Souza, Carl Lyra, Roberto Menescal, Guinga, Dori Caymmi, entre outros.     

Também vamos fazer um bate papo com a produtora Myriam Taubkin, que realizou o CD Viva Garoto, dentro do projeto Memória Brasileira, e que tem está desenvolvendo espetáculos para marcar o centenário do mestre. Aguardem!