Voltar

Transcrição de Tempo Di Ciaccona e Fuga (Béla Bartók) - Gustavo Silveira

2006

Instrumentistas: Gustavo Silveira Costa

Tags:

Título: O processo de transcrição para violão de Tempo Di Ciaccona e Fuga de Béla Bartók
Dissertação de mestrado
Autor: Gustavo Silveira Costa
Orientador: Prof. Dr. Rubens Russomano Ricciardi
Universidade de São Paulo (USP)
São Paulo (SP), 2006

RESUMO

Esta dissertação de mestrado trata do processo de transcrição para violão solo dos movimentos Tempo di Ciaccona e Fuga, da sonata para violino solo (1944) de Béla Bartók.

O primeiro capítulo contempla análises estruturais básicas dos movimentos Tempo di Ciaccona e Fuga, assim como o histórico da Sonata para violino solo e uma breve abordagem sobre a vida e obra musical de Bartók. Também é apresentado neste capítulo um apanhado das edições e transcrições da Sonata para violino solo, além de uma coleta de dados sobre transcrições para violão de outras obras de Bartók.

O processo de transcrição é abordado no segundo capítulo por meio de comparações entre os recursos instrumentais específicos do violão e do violino, levando-se em conta também outros procedimentos usados em transcrições para violão solo de obras originalmente compostas para violino ou violoncelo solo por Johann Sebastian Bach. A transcrição para piano do próprio Bartók de alguns de seus Quarenta e quatro duos para dois violinos também foi tomada como processo análogo a ser observado em nossa transcrição.

No terceiro e último capítulo desta dissertação encontra-se nossa edição da transcrição para violão solo de Tempo de Ciaccona e Fuga de Béla Bartók.