Voltar
As três danzas concertantes de Leo Brouwer, por Gabriel Strauss

As três danzas concertantes de Leo Brouwer, por Gabriel Strauss

2019

Resumo: Este trabalho foca o primeiro período de composição de Leo Brouwer (o Nacionalismo), que é pouco abordado no meio acadêmico, embora seja primordial para compreender seu processo de criação. Após percorrermos as três fases criativas do maestro, constatamos em sua etapa inicial, procedimentos composicionais autênticos que se perpetuam ao longo de toda a sua trajetória criativa. Assim, esta dissertação investiga tais elementos e seus desdobramentos nas duas fases seguintes. Dividimos nosso estudo em quatro partes: a primeira explana os três períodos do compositor, para melhor compreensão idiomática da composição brouweriana. Posteriormente, apoiados na entrevista feita com Brouwer, lançamos olhar sobre o primeiro período, no qual ele ressaltou a influência aural da música ritual afro-cubana e do idioma iorubá falado - dedicamos dois subcapítulos a estes respectivos tópicos. A terceira consiste na análise descritiva e de organização temática das "Tres Danzas. Concertantes", na qual investigamos os elementos estruturadores da obra. Desta etapa da pesquisa acreditamos extrair os principais recursos que fundamentaram o Nacionalismo brouweriano. Por fim, um quarto capítulo expõe as prospecções dos elementos encontrados, na análise de Tres Danzas Concertantes, em obras dos dois momentos composicionais posteriores.

Título: As três danzas concertantes de Leo Brouwer: elementos estruturadores da sua escrita musical
Autor: Gabriel Nogueira Batista Strauss
Orientador: Prof. Dr. Eduardo Meirinhos
Escola de Música e Artes Cênicas da Universidade Federal de Goiás, 2019