Linha do tempo

Aqui você encontra um panorama da história do violão no país, desde o tempo da colonização, passando pelo período do império, a Belle Epoque, os estilos da Era do Rádio, o Brasil moderno da bossa nova, o surgimento da MPB, o revigoramento do choro na década de 1970, a chegada do violão nas universidades brasileiras a partir dos anos 80, até o momento atual. O levantamento inédito é fruto da consulta dos mais antigos jornais e revistas e de entrevistas com familiares dos artistas.

1965

Turíbio Santos é o primeiro brasileiro a vencer o maior concurso de violão do mundo: o da ORTF, realizado na França.

JUNHO
Dia 14 – Recital em homenagem a Antônio Rebello, na Escola Nacional de Música, no Rio de Janeiro, com a participação dos violonistas Nicanor Teixeira, Waltel Branco, Leo Soares e Duo Sergio e Eduardo Abreu.

AGOSTO
Dia 30 - Morre no Rio de Janeiro o violonista Antonio Rebello, discípulo de Isaías Sávio e um dos principais professores cariocas desse período: foi mestre de Turíbio Santo, Jodacil Damaceno e dos irmãos Sérgio e Eduardo Abreu, entre vários outros.

NOVEMBRO
Dia 9 – É lançado o LP Recital de Violão do violonista Waltel Branco.

Apresentações musicais
26 de março - Concerto do violonista Waltel Branco, no Clube Curitibano, em Curitiba (Paraná).
26 de abril – Recital do violonista Antonio Carlos Barbosa Lima, na Escola Nacional de Música, no Rio.
19 de julho - Concerto do violonista e professor mineiro Raul Santiago, na Associação Brasileira de Imprensa.