Linha do tempo

Aqui você encontra um panorama da história do violão no país, desde o tempo da colonização, passando pelo período do império, a Belle Epoque, os estilos da Era do Rádio, o Brasil moderno da bossa nova, o surgimento da MPB, o revigoramento do choro na década de 1970, a chegada do violão nas universidades brasileiras a partir dos anos 80, até o momento atual. O levantamento inédito é fruto da consulta dos mais antigos jornais e revistas e de entrevistas com familiares dos artistas.

1960

O violonista Laurindo Almeida recebe dois prêmios Grammy: nas categorias Melhor performance clássica, vocal ou instrumental – com o LP Conversations With the Guitar – e Melhor performance clássica, solista ou duo instrumental - com o LP The Spanish Guitars of Laurindo Almeida.

AGOSTO
Dia 25 – Nasce no Recife o violonista Nenéu Liberalquino.

NOVEMBRO
Dia 23 - Nasce no Rio de Janeiro o violonista Ulisses Rocha, que integraria o Grupo D´Alma, que ganhou importância internacional marcando as carreiras de mestres do violão como Paco de Lucia, Al di Meola e John MacLaughlin.

Morre José Martins Duarte de Melo, mais conhecido como Melinho de Piracicaba, o mais antigo violonista solo da capital de São Paulo.

Atrações musicais
10 de fevereiro - Concerto do violonista Roberto Nunes, no Theatro Municipal de Niterói (Rio de Janeiro).
26 de setembro - Recital do violonista Jodacil Damaceno, no Teatro Municipal João Caetano, em Niterói.
10 de outubro - Concerto da violonista Maria Livia São Marcos, no salão do Hotel Glória, no Rio.
17 de outubro - Concerto do violonista uruguaio Oscar Caceres, no Tijuca Tênis Clube, no Rio.