Linha do tempo

Aqui você encontra um panorama da história do violão no país, desde o tempo da colonização, passando pelo período do império, a Belle Epoque, os estilos da Era do Rádio, o Brasil moderno da bossa nova, o surgimento da MPB, o revigoramento do choro na década de 1970, a chegada do violão nas universidades brasileiras a partir dos anos 80, até o momento atual. O levantamento inédito é fruto da consulta dos mais antigos jornais e revistas e de entrevistas com familiares dos artistas.

1951

SETEMBRO
Dia 7 – Nasce em São Paulo o violonista André Geraissati, integrante do Grupo D´Alma e solista de importantes discos da música instrumental brasileira.

Cardápio musical carioca
8 de maio – Recital do violonista Dilermando Reis no Auditório do Ministério da Educação.
28 e 29 de maio – Recitais da violonista argentina Maria Luisa Anido no auditório da Casa do Jornalista e na Escola Nacional de Música.
16 de setembro – Recital do violonista argentino Horacio I. Máspoli na Associação Brasileira de Imprensa (ABI).
28 de outubro – Concerto do violonista espanhol Carlos Manuel Carrion, nesse mesmo local.