Linha do tempo

Aqui você encontra um panorama da história do violão no país, desde o tempo da colonização, passando pelo período do império, a Belle Epoque, os estilos da Era do Rádio, o Brasil moderno da bossa nova, o surgimento da MPB, o revigoramento do choro na década de 1970, a chegada do violão nas universidades brasileiras a partir dos anos 80, até o momento atual. O levantamento inédito é fruto da consulta dos mais antigos jornais e revistas e de entrevistas com familiares dos artistas.

1938

Programação musical
5 de janeiro – Concerto do violonista Alfredo Scapinari no Clube Semanal de Cultura Artística, em Campinas.
5 de janeiro – Concerto do violonista Benedito Chaves na Casa dos Funcionários Públicos, Rio.
4 e 9 de abril – Recitais do violonista cego Levino Albano da Conceição na cidade de Lorena (São Paulo), respectivamente no Grêmio Lorenense e Cine Rex
8 de setembro – Apresentação dos alunos do violonista e professor uruguaio Isaias Sávio no Clube Militar, no Rio.
23 de setembro – Recital violonista Levino Albano da Conceição no salão do Liceu Cuiabano, em Cuiabá (Mato Grosso).
28 de setembro e 23 de novembro – Concertos do maestro argentino Juan A. Rodriguez na Escola Nacional de Música, no Rio.