Linha do tempo

Aqui você encontra um panorama da história do violão no país, desde o tempo da colonização, passando pelo período do império, a Belle Epoque, os estilos da Era do Rádio, o Brasil moderno da bossa nova, o surgimento da MPB, o revigoramento do choro na década de 1970, a chegada do violão nas universidades brasileiras a partir dos anos 80, até o momento atual. O levantamento inédito é fruto da consulta dos mais antigos jornais e revistas e de entrevistas com familiares dos artistas.

1936

NOVEMBRO
Dia 8 – O jornal carioca O Paiz publica importante artigo sobre o violão brasileiro, assinado pelo professor e violonista Oswaldo Soares.

Programação musical
19 de janeiro – Recital do violonista Gabriel Francisco Pereira no Clube Literário e Recreativo Gramense, na cidade de Grama (São Paulo).
12 de novembro – Concerto de violão com Isaias Sávio e seus mais destacados alunos na sede do Clube Central, no Rio.
11 de dezembro – Apresentação de alunos do violonista e professor uruguaio Isaias Sávio (entre eles Antônio Rabello e Luiz Bonfá) no Studio Nicolas, no Rio.