Linha do tempo

Aqui você encontra um panorama da história do violão no país, desde o tempo da colonização, passando pelo período do império, a Belle Epoque, os estilos da Era do Rádio, o Brasil moderno da bossa nova, o surgimento da MPB, o revigoramento do choro na década de 1970, a chegada do violão nas universidades brasileiras a partir dos anos 80, até o momento atual. O levantamento inédito é fruto da consulta dos mais antigos jornais e revistas e de entrevistas com familiares dos artistas.

1932

JUNHO
Dia 16 – O violonista e maestro uruguaio Isaías Sávio, que passou a morar no Rio de Janeiro, se apresenta no Studio Nicolas. Uma semana antes o Instituto Nacional de Música negara permissão para ele se apresentar no local.

SETEMBRO
Dia 23 – Nasce Daudeth Araujo, exímio violonista e tocador de cavaquinho, que se tornou conhecido como Neco.