Linha do tempo

Aqui você encontra um panorama da história do violão no país, desde o tempo da colonização, passando pelo período do império, a Belle Epoque, os estilos da Era do Rádio, o Brasil moderno da bossa nova, o surgimento da MPB, o revigoramento do choro na década de 1970, a chegada do violão nas universidades brasileiras a partir dos anos 80, até o momento atual. O levantamento inédito é fruto da consulta dos mais antigos jornais e revistas e de entrevistas com familiares dos artistas.

1921

JANEIRO
Dia 10 - Festa de formatura dos alunos do Instituto Comercial, realizada no Conservatório Dramático e Musical de São Paulo, no qual o professor João Avelino faz solos de violão.

FEVEREIRO
Dia 5 - Audição de violão, no salão nobre do jornal Correio Paulistano, do garoto Oscar Moreira, acompanhado do pai, Jorge Moreira. Este menino teve como tutor musical Gastão Bueno Lobo, que com ele formaria o duo Les Loups, que se apresentaria em São Paulo e no Rio de Janeiro em 1926 e 1927. Anos depois ficou famoso como guitarrista na Europa, com o nome artístico de Oscar Aleman.
Dia 14 - Audição dos violonistas Benedito Soares Capello e Leopoldo Silva, no salão de A Cigarra, na cidade de São Paulo.

ABRIL
Dia 9 – Nasce em Jardim (Ceará) José Meneses França, que se tornaria grande multi-instrumentista.

DEZEMBRO
Dia 23 – Realiza-se o festival artístico do ator Palmerim Silva no Trianon, no Rio

Apresentações de Américo Jacomino (Canhoto)
19 de fevereiro - Salão nobre do jornal Correio Paulistano, na cidade de São Paulo.
18 de dezembro - Royal Cinema, na cidade de Jaú (São Paulo).

Apresentações de Josefina Rabelo
31 de maio - Salão nobre do Jornal do Commércio, no Rio.
30 de novembro – Na festa artística promovida pela atriz Abgail Maia realizada no Trianon, no Rio.

Apresentação do violonista Levino Albano da Conceição
3 de novembro - Teatro São Pedro, em Porto Alegre.