Linha do tempo

Aqui você encontra um panorama da história do violão no país, desde o tempo da colonização, passando pelo período do império, a Belle Epoque, os estilos da Era do Rádio, o Brasil moderno da bossa nova, o surgimento da MPB, o revigoramento do choro na década de 1970, a chegada do violão nas universidades brasileiras a partir dos anos 80, até o momento atual. O levantamento inédito é fruto da consulta dos mais antigos jornais e revistas e de entrevistas com familiares dos artistas.

1895

AGOSTO
Dia 26: a Orquestra de Bandolins do professor João dos Santos Couceiro realiza concerto no Cassino Fluminense, no Rio, em prol da Sociedade Amante da Infância e dos Pobres. O naipe dos violões era formado por Leonor Granjo, Joaquim Francisco dos Santos (Quincas Laranjeiras), José Ribeiro do Amaral, Carlos Graça, Januário Sampaio, José Antônio da Silva, José da Cunha, Alfredo José de Souza Imenes e Nicolao Rosa Cavallier.

NOVEMBRO
Dia 22: nasce em Cuiabá (Mato Grosso), Levino Albano da Conceição. A cegueira, que o acometeu aos 7 anos de idade, não o impediu de se tornar um excelente violonista e compositor, realizando inúmeros concertos por todo o Brasil.

DEZEMBRO
Dia 1º: Brant Horta, acompanhado por J. Paixão, realiza apresentação em Juiz de Fora (Minas Gerais).