Shows

Show de lançamento do Acervo Digital do Violão chega em Brasília

Um painel formado por seis entre os mais representativos violonistas da atualidade será mostrado no show de lançamento do projeto Acervo Digital do Violão Brasileiro, que ocorre em 06 de novembro, às 20 horas, no Espaço Cultural Instituto Cervantes de Brasília. A programação reúne no mesmo palco os virtuoses Paulo André Tavares, Fabiano Borges, Gilson Antunes e o Duo Siqueira Lima, formado pelo mineiro Fernando Lima e a uruguaia Cecília Siqueira. Com direção musical de Alessandro Soares, o espetáculo homenageia os 130 anos de nascimento de João Pernambuco (1883-1947), considerado o primeiro grande compositor de violão solo do país.

Antes do recital, haverá breve exposição sobre o projeto, que pretende reunir o mais completo acervo sobre violão brasileiro, com acesso gratuito. Contemplado na seleção pública do Petrobras Cultural 2012, o portal é composto de dicionário de violonistas, rádio digital, discografia, biblioteca, videoteca, banco de imagens, agenda de shows, blog e linha do tempo. 

Quem abre o espetáculo é violonista e guitarrista Paulo André Tavares, que fará um trabalho autoral solo, no chamado estilo brazilian jazz. Nascido no Rio de Janeiro e radicado em Brasília desde os 10 anos de idade, Paulo André tem mestrado em Jazz Performance pelo Queens College, em Nova York, e foi professor de grandes instrumentistas, como Lula Galvão, Nelson Faria e Hamilton de Hollanda.

Em seguida sobe ao palco o brasiliense Fabiano Borges, que interpreta o clássico Pedacinho do Céu (Waldir Azevedo) e Camino a Santiago, de sua autoria, fortemente influenciada pela música andina e latinoamericana, misturada ao choro e seu violão 7 cordas. Um dos maiores representantes do violão brasiliense na atualidade e presente em diversas excursões internacionais, Fabiano também resgata neste show o tema Ternura, dos Índios Tabajaras.

Terceira atração da noite, o paulista Gilson Antunes faz uma síntese de clássicos, ao interpretar Américo Jacomino (1889-1928), com Marcha Triunfal Brasileira, e Mozart Bicalho (1901–1986), com sua valsa Gotas de Lágrimas, além de Antônio Giacomino, autor de Festa na Fazenda. Doutor e mestre em Artes pela USP, Gilson Antunes já gravou quatro CDs solo e estudou na Guildhall School of Music and Drama, em Londres.

A atração final do show é com o Duo Siqueira Lima, que mostra como a música originalmente composta para sanfona pode combinar tão bem em dois violões, por meio da peça Homenagem a Chiquinho do Acordeon (Dominguinhos). O caráter popular do repertório inclui o choro Um a Zero (Pixinguinha) e Candomblé (Hugo Fattorusso).

Formado pelo mineiro Fernando Lima e a uruguaia Cecília Siqueira, o duo também desenvolve temas eruditos brasileiros, como A Lenda do Caboclo e o Prelúdio das Bachianas nº 4, ambas de Villa-Lobos, e Canhoto, de Radamés Gnattali. E interpreta os europeus Domenico Scarlatti, com duas sonatas, e Manuel De Falla, com a apoteótica La Vida Breve.   

Um dos mais importantes duos de violão do mundo na atualidade, o Duo Siqueira Lima faz excursões anuais por diversos países. O duo também é conhecido pela impressionante interpretação do tema Tico Tico no Fubá, cujo vídeo gravado ao vivo com eles tocando em apenas um violão, alcançou a marca de mais de três milhões de visualizações no you tube, algo bastante raro para violão instrumental.   

Serviço:

Show de lançamento do Acervo Digital do Violão Brasileiro

Local: Espaço Cultural Instituto Cervantes de Brasília (SEPS 707/907 Lote D - Asa Sul)

Atrações: Paulo André Tavares, Fabiano Borges, Gilson Antunes e Duo Siqueira Lima

Dia: 06 de novembro

Hora: 20 horas

Ingresso: R$ 30 e R$15

 

VOLTAR
NIG

Tags