Voltar

Concerto na Toca reúne mulheres violonistas ao vivo no Instagram

Postado em Shows em 23/03/2020

Concerto na Toca reúne mulheres violonistas ao vivo no Instagram - Amanda Carpenedo

(Amanda Carpenedo)

Por Giulia Costa

Numa época em que todos precisamos ficar em casa para ajudar a conter a pandemia do Covid-19, a gaúcha Amanda Carpenedo – que atualmente mora em Aveiro, Portugal – teve a ideia de convidar as também violonistas Gabriele Leite, Ana Giollo e Thaís Nascimento para uma série de recitais online pelo mecanismo “live” no Instagram. É o projeto Concerto na Toca, que ocorre nesta sexta-feira (27/03), às 18h (horário de Brasília) e às 21h (em Lisboa).

O repertório terá estilos bem diversos de acordo com as intérpretes. Amanda Carpenedo (@amandacarpenedo), que será a primeira a se apresentar a partir das 18h, vai trabalhar essencialmente compositores brasileiros, a exemplo do arranjo que ela escreveu para o baião São Jorge, de Hermeto Pascoal, a peça Parazula, de Celso Machado, além de  Duas Contas (Garoto), no arranjo de Paulo Bellinati, entre outras.

O segundo recital, às 18h30, é com a paulista Gabriele Leite (@gabrieleguitar), focado em peças clássicas. Ela vai interpretar os quatro movimentos da Sonata para Guitarra do espanhol Antonio José e trechos da Suíte BWV 996, de Bach. Às 19h é a vez da gaúcha Ana Giollo (@anagiollo), que fará uma mescla entre peças brasileiras e temas em fingerstyle.

Concerto na Toca reúne mulheres violonistas ao vivo no Instagram - Gabriele Leite

(Gabriele Leite)

Última a ser apresentar, Thaís Nascimento (@thaisnascimentoviolonista) dará preferência a obras de compositoras mulheres, como Andrea Perrone, Chiquinha Gonzaga, Emília Giuliani, além de alguns afro-sambas de Baden Powell e Vinícius de Moraes, inspirados na interpretação de Rosinha de Valença.

Trajetórias

Idealizadora do Concerto na Toca, Amanda estuda música desde criança e atualmente faz mestrado na Universidade de Aveiro. Ela faz turnês pela Europa em recitais solo e também ao lado da Orquestra Portuguesa de Guitarras e Bandolins do Rio Tinto. Em Porto Alegre, Amanda integrou o trio Damas do Violão (com Flávia Domingues Alves e Fernanda Krüger) entre 2014 e 2018 e também fez parte da Camerata de Violões de Porto, em Porto Alegre.

Gabriele Leite tem 21 anos iniciou seus estudos musicais em 2005 no projeto Guri, dando continuidade a eles no Conservatório de Tatuí, em 2015. No ano seguinte, começou a estudar Violão no Instituto de Artes da Universidade Estadual Paulista (UNESP). Atualmente tem bolsa de estudos na Fundação Magda Tagliaferro e Cultura Artística e trabalha em projetos de música de câmara, como o Quarteto Abayomi. Gabriele é vencedora dos principais concursos de violão do país (Musicalis e Souza Lima), além de ter se destacado no Festival de Koblenz, na Alemanha.

Concerto na Toca reúne mulheres violonistas ao vivo no Instagram - Ana Giollo

(Ana Giollo)

Ana Giollo cursa Violão Clássico na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e estuda violão de aço e técnicas do fingerstyle de forma autodidata. Em 2018, fez um semestre de mobilidade acadêmica na Universidade do Minho em Braga, Portugal. Já participou de diversas masterclasses com violonistas e também estudou Jornalismo de Rádio na UFRGS.

A formação de Thaís Nascimento, por sua vez, inclui licenciatura e bacharel em Música pela UFRGS e pós-graduação em Filosofia Contemporânea pela IMED em Porto Alegre. O foco do seu trabalho atual é pesquisar e interpretar repertório para violão solo de mulheres compositoras para violão e outros instrumentos. Ela também faz performances de obras originais.

Cidades paradas

Segundo Amanda Carpenedo, as cidades de Portugal já estão paradas há mais de uma semana para a prevenção do novo coronavírus. “O clima tá muito estranho na cidade. Não diria pesado, mas dá agonia em algumas ocasiões”, diz. Assim, a violonista se mobilizou para amenizar esse sentimento. “Pensei em como fazer minha parte, me motivar a tocar e a continuar estudando”.

Concerto na Toca reúne mulheres violonistas ao vivo no Instagram - Thaís Nascimento

(Thaís Nascimento)

Inspirada pelo festival “Eu Fico em Casa”, que reuniu cerca de 40 artistas nas terras portuguesas de 19 a 22 de março através de lives em seus perfis no Instagram, Amanda criou algo semelhante, mas apenas com violonistas mulheres. “Fiz um grupinho no Instagram, lancei a sugestão e elas toparam de cara, super abertas para a ideia. Foi muito rápido e simples. Todo mundo abraçou a causa”.

A ideia é tornar esse período de isolamento mais agradável para todos. “Cada uma de dentro de sua ‘toca’ levando para a ‘toca’ de outras pessoas sua música e sua solidariedade”, conta Amanda em seu perfil do Instagram. “Espero que as pessoas se sintam felizes e acolhidas”.

INFORMAÇÕES:

Concerto na Toca – lives no Instagram

Sexta-feira (27 de março)

Amanda Carpenedo: @amandacarpenedo - 18h (horário de Brasília)

Gabriele Leite: @gabrieleguitar - 18h30

Ana Giollo: @anagiollo - 19h

Thaís Nascimento: @thaisnascimentoviolonista - 19h30

Concerto na Toca reúne mulheres violonistas ao vivo no Instagram - Concerto na Toca