Voltar

Folias de Espanha: O Eterno Retorno - Flávio Apro

2009

Instrumentistas: Flávio Apro

Tags:

Título: Folias de Espanha: O Eterno Retorno

Tese de doutorado

Autor: Flávio Apro

Orientador: Prof. Dr. Eduardo Seincman

Universidade de São Paulo (USP)

São Paulo (SP), 2009

 

RESUMO

Esta tese focaliza a trajetória do tema musical Folias de Espanha, que constitui um dos mais notáveis fenômenos na musicologia devido à sua permanente recorrência na História da Música. Nosso objetivo foi ampliar o escopo interdisciplinar de estudo e de reflexão musicológica através da compreensão da utilização do tema na História da Música e sua historiografia, a fim de enriquecer o horizonte de nossa prática acadêmica. A Folias de Espanha é uma melodia simples e de caráter enigmático que surgiu em Portugal no início do século XVI como uma dança popular das ruas que teve suas estruturas rítmica e harmônica modificadas ao passar pela Espanha. Da península ibérica, migrou para a Itália e foi levada por guitarristas italianos à corte francesa, transformando-se ali em uma dança majestosa. Sua história a partir desse itinerário é complexa e reflete sua grande popularidade, pois ela ainda constitui grande fonte de inspiração para diversos compositores, desde nomes consagrados como Bach, Beethoven e Liszt, até trilhas compostas para filmes comerciais. Outros temas musicais apresentam a mesma recorrência histórica, como por exemplo, o hino católico Dies Irae do século XIII ou o tema do Capricho N.24 de Paganini, mas a retomada da Folias de Espanha como tema musical é a mais recorrente na História da Música.